Niobio
EUR
USD

0

por Bruno Rettore

De homem para homem: Cuidando do rosto de forma eficiente

Em 30 segundos! O rosto é nosso cartão de visitas! Precisamos ter cuidado com ele, isto é, um equilíbrio entre limpeza, hidratação e proteção. Sabendo que a pele do homem, além de ser mais espessa, é também sebosa, áspera e contém mais colágeno quando comparado à pele da mulher, resta identificar seu tipo de pele dentre as 4 categorias (oleosas, secas, mistas e sensíveis), para pautar a quantidade e forma de utilizar os produtos básicos de cuidado. São eles: sabonete líquido, esfoliante facial, hidratante facial e protetor solar.

"Você tá com uma cara de cansado, tá tudo bem?"

Quem nunca ouviu uma dessa deve sabe cuidar da pele como um verdadeiro gentleman ou nunca ficou de ressaca.

Nós escutamos isso mais porque não cuidamos dos nossos rostos como as mulheres. Tremendo deslize...O rosto é um dos nossos bens mais importantes. Não só é responsável pela nossa identidade, mas também é através dele que nos expressamos e interagimos. Inclusive, ouso dizer que é por onde mais comunicamos a imagem que queremos passar pro mundo. Além disso, esse cuidado mantém a nossa pele com uma aparência melhor, fresca, jovem por mais tempo e evita danos irreversíveis que o sol nos causa. Por isso é tão importante que tenhamos um cuidado diário com a pele do nosso rosto, nos deixando mais saudável, disposto e apresentável. Antes de passarmos para os produtos e cuidados pessoais, vou ressaltar que uma boa alimentação, ingestão de água, exercícios físicos e um sono adequado tem um enorme impacto na qualidade da nossa pele. Logo, o assunto que trataremos aqui será sobre algo complementar a isso tudo e não um cuidado substituto.

Agora, são tantos produtos e tanta informação, que chega a ser compreensível essa preguiça que nos dá de começar a cuidar da nossa pele. Qual o meu tipo de pele? Qual o melhor sabonete para mim? Quantas vezes tenho que lavar meu rosto por dia? Uso ou não esfoliantes? São muitas perguntas. Eu sei. Mas, se te consola, adianto que cuidar da pele masculina nunca foi tão fácil. Vou te passar da forma mais direta possível os porquês de cuidar do nosso rosto e como fazê-lo de uma maneira simples e eficiente. É tão simples que depois de algumas semanas se tornará um hábito natural e você começará a ver resultados.

Para tal, estruturei esse texto da seguinte maneira:

  1. Diferença entre a pele do homem e da mulher
  2. Tipos de pele e descobrindo qual o seu
  3. Quais os produtos básicos de cuidado pessoal e o que buscar neles
  4. A melhor maneira de aplicar os produtos

Diferença entre a pele do homem e da mulher

As grandes diferenças se devem à fatores hormonais e a própria composição natural da pele.

Espessura

A pele do homem é em média 25% mais espessa que a da mulher. Essa pele espessa acaba sendo também mais resistente e isso a mantém jovem por mais tempo. No homem, por uma questão hormonal, o afinamento dessa pele acontece de forma gradual ao longo dos anos. Enquanto na mulher, a espessura se mantém relativamente constante até os 40 anos de idade, quando, depois da menopausa, começa a ficar cada vez mais fina. Saber que nossa pele é originalmente mais grossa e a maneira que ela se afina ao longo dos anos, nos ajuda a entender quais produtos devemos utilizar para a limpeza diária. Pois, é exatamente essa espessura que dirá quão bem eles são absorvidos, de modo que as fórmulas para a pele dos homens geralmente são feitas para penetrar mais profundamente do que na das mulheres. Logo, entenda que sua idade dirá muito sobre a espessura da sua pele e os produtos que você deve procurar devem levar isso em consideração.

Colágeno

Outra coisa que colabora com essa durabilidade da aparência jovem do homem, é a concentração de colágeno em nosso corpo. Ele é um dos responsáveis pela elasticidade e resistência da nossa pele, além de outras coisas. Nós homens temos uma densidade de colágeno maior que as mulheres, o que faz com que a nossa pele se torne menos propensa a ter rugas. 

Sebo

Nós temos mais glândulas sebáceas e poros maiores, o que resulta em uma maior produção de oleosidade. Esse ponto tem um lado negativo, pois a pele fica mais propensa à poros entupidos, cravos e espinhas, devido aos níveis altos de sebo. E isso é uma realidade que devemos tomar conta durante toda a nossa vida, pois, ao contrário das mulheres, para a pele masculina, a produção de sebo permanece quase a mesma ao longo da vida e pouco diminui com a idade.

Textura

O que define a textura da nossa pele é a sua camada mais externa, o extrato córneo. Esse extrato é composto por inúmeras camadas de células mortas e opera como uma barreira de proteção contra lesões e infecções. Como você já sabe, a pele masculina como um todo é mais grossa, logo essa parcela acaba sendo também mais espessa e isso nos traz um contraponto: apesar de termos mais colágeno (o que pode adiar o aparecimento das rugas), quando elas começam a surgir, se apresentam de forma mais profunda do que nas mulheres. 

Barba

Fazer a barba diariamente ou mantê-la sempre grande tem seus lados positivos e negativos. Vou deixar esse assunto para conversarmos com mais profundidade em outro momento. O que vale dizer aqui é o básico: barba é um grande suporte para moldar o formato dos nossos rostos, mas pode acabar envelhecendo nossa aparência. Para aqueles que gostam e cultivam um uso de uma barba um pouco maior, não se esqueçam de mantê-la sempre limpa e hidratada. E para quem tem costume de fazer a barba, uma loção pós barba é extremamente importante para ajudar a acalmar a pele que fica irritada com o vai e vem das lâminas.

O mais importante nesse tópico é entender que por mais que as regras básicas de cuidados com a pele se apliquem tanto para homens quanto para mulheres, existem detalhes importantes que os produtos de cuidados masculinos abordam. E, sabendo que somos diferentes das mulheres em diversos aspectos, quando o assunto é pele facial, tome cuidado para não seguir alguns conselhos e produtos que podem não ser ideais. 

Qual o meu tipo de pele?

Agora que você já sabe as maiores diferenças entre a pele masculina e a feminina, é importante que você saiba qual o seu tipo de pele. Para isso, vamos considerar que existem quatro macrocategorias de peles de rosto: oleosa, seca, mista e sensível. 

Pele Oleosas

Essa aqui enche o saco! Basta tirar aquela foto de noite com flash que sua pele tá lá refletindo o sol. Tem quem fale que esse é o tipo de pele mais chato de cuidar, mas a verdade é que todo tipo tem seus prós e contras. Pode ser o mais chato e trabalhoso, mas é o que costuma ter menos rugas lá na frente. Se esse é o seu tipo de pele, saiba que você precisa esfoliar com mais frequência, pois é a pele que mais exige limpeza. Além disso, certifique-se de hidratar seu rosto, depois das limpezas, pois as vezes é exatamente o fato dele não estar hidratado que faz com que o corpo gere mais óleo para tentar compensar. Por isso, mantenha ela hidratada e busque produtos que não sejam a base de óleo.

Peles Secas

Se você é alguém com pele seca, notará que sua pele pode as vezes coçar, ficar vermelha, escamosa e esticada quando não estiver devidamente hidratada. Ventos fortes, sol e um clima seco são pesadelos para quem tem esse tipo de pele. Para cuidar da pele seca, você precisa ser muito gentil com ela e usar produtos que não causem irritação, para isso, busque aqueles que contenham ingredientes mais naturais, pois serão mais agradáveis à sua pele. Produtos que possam fazer uma limpeza suave e hidratantes cremosos são ótimas opções. Outra dica é investir em um creme noturno, pois ele reparará a pele da noite para o dia, para que você se sinta bem e tenha uma aparência fresca ao acordar. Ah, e se sua pele for seca, não se preocupe muito com a esfoliação, uma vez que isso pode ser um agravante dessa secura.

Peles Mistas

Mas o que é a pele mista? É exatamente você ter no rosto duas zonas, onde parte é seca e parte é oleosa. Esse tipo exige de você um pouco de flexibilidade, uma vez que você deverá tratar cada uma das partes do seu rosto com diferentes abordagens. Por exemplo, a maneira mais comum de uma pele mista se manifestar é com a região chamada de T (testa, nariz e queixo) oleosa e as bochechas secas. Uma vez que você identificar como as diversas parcelas do seu rosto se comportam, você tirará o resto de letra. Basta utilizar a filosofia de cada tipo de pele (seca e oleosa) para aquela parcela específica, ou seja, diferentes produtos por área. Não tem mistério.

Peles Sensíveis

Por fim, não podemos deixar de lado os homens com peles sensíveis, uma vez que é o tipo de pele mais raro de se encontrar. A pele sensível é facilmente irritável e pode desenvolver manchas ou inflamações ao entrar em contato com algum produto inadequado. As pessoas com pele sensível com o tempo descobrem o que é que está causando essa irritação. Geralmente são ingredientes ou produtos químicos específicos que a pele não se adapta. Fazer um teste rápido na mão antes de colocar algo no rosto pode ajudá-lo a determinar se o produto é adequado ou se vai causar algum transtorno. O principal para ter uma pele saudável é você buscar aqui produtos naturais e com efeitos calmantes.

Dentro dessas quatro, você já pode imaginar qual é o seu tipo de pele. De toda forma, se ainda tiver dúvidas, vou deixar aqui um link onde você pode fazer um teste respondendo algumas perguntas que te ajudarão a descobrir. Agora que você já sabe os tipos de pele e como cada um se comporta de maneira geral, vamos entrar um pouco mais em detalhes. Como estamos falando de cuidados básicos, vou te explicar os principais produtos que são fundamentais para um cuidado mínimo com o rosto. Não vou entrar em produtos específicos para olheiras, rugas, manchas etc. Isso ficará para outro momento. Não se esqueça, como cada caso é um caso, a melhor maneira é você entender os porquês atrás de cada produto, assim você poderá ajustar o uso para àqueles que mais funcionam para a sua pele e dia a dia. 

Quais os produtos para um cuidado básico com a pele e o que buscar neles?

Agora que vem a parte legal. A parte que entendemos a filosofia por trás desses produtos que tanto enchem as prateleiras das farmácias. É simples, veja bem. Sua pele precisa de três coisas fundamentais: LIMPEZA, HIDRATAÇÃO e PROTEÇÃO. Nessa ordem. Porém, peles mais secas precisam de hidratação mais do que de limpeza, enquanto as oleosas costumam ser o contrário. Cuidar da pele do rosto então nada mais é que um jogo de equilíbrio entre deixá-la limpa e hidratada, sem exagero. 

Sabonete facial

O protagonista disso tudo será o sabonete facial! É bem simples escolher o sabonete ideal pra você! Adianto que independente do seu tipo de pele busque um que seja líquido. Evite utilizar sabonetes em barra pois o componente químico que os mantém nesse formato faz mal aos poros faciais.

Pele Oleosa: você que tem pele oleosa pode optar por um sabonete facial que contenha ácido salicílico. Isso te ajudará a controlar toda essa oleosidade (desde que você não tenha nenhuma contra indicação ou alergia). Faça uso dele pela manhã e uma segunda vez à noite, mas não se limite à duas vezes por dia se ver que seu rosto está muito oleoso ou se você praticou esporte e está precisando de uma terceira limpeza.

Pele Seca: sabonetes que contém ações hidratantes são os mais adequados para você. Lembre-se que a ato de limpar a pele costuma tirar sua hidratação natural, e que mesmo que o sabonete tenha esses componentes hidratantes, não costuma ser necessário lavar o rosto mais de 2 vezes ao dia se sua pele estiver muito seca. 

Pele Mistas: para as peles mistas, basta usar um pouco dos dois nas respectivas regiões do rosto. É chato, dá trabalho, mas a melhor solução é esta e requer um investimento inicial maior.

Pele Sensível: se sua pele for sensível, a escolha do sabonete exige um cuidado ainda maior. Versões em gel, contendo extratos de camomila e outros calmantes naturais costumam ser ideais.

Esfoliantes

A esfoliação nada mais é que uma limpeza profunda. Lembra daquela camada mais externa, o extrato córneo? Pois é, nele se acumulam células mortas que a limpeza diária com um sabonete facial muitas vezes não é capaz de tirar. Por isso, entramos com essa esfoliação, que é feita com um produto composto por granulados que ajudam na renovação celular da pele, deixando-a mais macia e uniforme. 

Pele Oleosa: é esse tipo de pele que mais necessita de esfoliantes e menos barreiras tem para encontrar o seu produto ideal. Se quiser utilizar esfoliantes com grânulos maiores, não será um problema, uma vez que seus poros também são maiores. Não só isso, pode fazer esse processo de 1 a 2 vezes na semana, contato que você se lembre da regra de ouro: cuidados com a pele é uma questão de equilíbrio. Teste e erro. Se sentir que sua pele está ficando muito seca, reduza para 1 vez na semana.

Pele Seca: se essa for sua pele, busque esfoliantes em loção ou creme. Alguns tem efeitos hidratantes no processo e não é uma má ideia, tendo em vista que a esfoliação pode deixar a pele bem seca. Inclusive, exatamente por isso, evite esfoliar mais de 1 vez na semana.

Pele Mista: claramente você já sacou que pode comprar dois esfoliantes e fazer o processo como o da limpeza com seus sabonetes. É uma excelente opção, mas se quiser algo mais simples, sugiro procurar um voltado para peles secas e utilize-o duas vezes na semana, sendo que na segunda você opte por esfoliar apenas a região mais oleosa.

Pele Sensível: aqui o seu cuidado deve ser redobrado. Leia bastante os rótulos para ver se consegue achar um esfoliante que contenha grânulos mais finos e homogêneos, como os de quartzos. Evite também esfoliar mais de 1 vez na semana, para não deixar sua pele irritada.

Hidratante 

Esse processo vem sempre depois da limpeza com sabonete facial. Geralmente uma quantidade um pouco menos de uma colher de chá, como referência, costuma ser o ideal.

Pele Oleosa: pode parecer contraditório, mas a oleosidade da sua pele pode ser exatamente pelo fato dela estar pouco hidratada. Por isso, depois de toda limpeza, coloque uma loção hidratante e espalhe por todo o seu rosto. Essa loção, para você que tem uma pele oleosa, cairá melhor no seu rosto se ela for a base d'água.

Pele Seca: esta é a parte mais fundamental do seu cuidado com sua pele. Como ela costuma estar sempre seca, buscar um hidratante facial mais intenso como os à base de óleo podem ser excelentes opções, um exemplo são os que contém óleo de semente de uva.

Pele Mista: dessa vez busque por uma loção hidratante a base d'água e foque em passar mais quantidade nos lugares mais secos.

Pele Sensível: para quem tem pele sensível uma dica é buscar aqueles com efeitos calmantes. Existem várias linhas de hidratantes com essa função e muitos dos quais seguem uma linha de ingredientes naturais.

Protetor Solar

Melhor que remediar algo é sempre prevenir. Para isso, não podemos nos esquecer do quarto e último produto essencial para um cuidado básico com o rosto: o protetor solar. Ele sempre deve ser aplicado ao final do processo de limpeza e hidratação, mesmo se você for passar o dia trabalhando ou em casa. Sim, parece estranho, mas uma exposição solar acidental, como a ida até o ponto de ônibus ou coisa qualquer, já pode causar danos à sua pele. Uma outra opção é você buscar um hidratante facial que contenha protetor solar, pelo menos 30 SPF. Isso já ajudará bastante nesse processo de prevenção. Entretanto, se sua pele for muito branca ou se irrita ao pegar sol, busque um protetor solar com um SPF maior e tenha um protetor avulso para pode ter mais controle da quantidade que deseja aplicar.  

Para esse produto geralmente recomendam-se protetores solares que tenham uma base mais fluida para as peles oleosas e para as peles secas não existem muitas vias de regra. Eu sugiro para qualquer tipo de pele buscar um protetor menos oleoso. Mais fluido, uma vez que as peles secas não são desculpas para ficar ensopado no óleo do protetor solar. E se for comprar esse produto à parte, pode buscar algo entre 50 e 60 SPF

Agora que já sei sobre os produtos, como faço para usá-los? Qual vem primeiro? Quantas vezes ao dia devo usar cada um?

Cuidar do seu rosto é como qualquer coisa que valha a pena: é preciso ter comprometimento, consistência e cuidado, sem mencionar uma quantidade saudável de experimentação até encontrar os produtos certos para você. Por isso, não existe uma rotina de cuidados pessoais que possa ser ideal para todos. Nem cabe a mim sugerir a  você alguma que para mim funcionou. No entanto, existem algumas regras de ouro que devem ser levadas em consideração. São elas:

  1. O processo de cuidado com a pele do rosto costuma ser ideal quando feito pela manhã e antes de dormir.
  2. O primeiro passo é sempre o da limpeza, que deve ser feita da forma correta. Hidratar uma pele sem que ela esteja limpa não tem os mesmos efeitos.
  3. Em dias de esfoliação, como ainda se trata de um processo de limpeza, também o coloque antes de qualquer etapa que envolva hidratar a pele.
  4. Uma vez que seu rosto está limpo, pode passar o seu hidratante facial.
  5. Encerre o processo de limpeza e hidratação com uma camada fina de prevenção: protetor solar sempre ao final!
  6. Quando estiver esfregando qualquer que seja o produto, faça movimentos circulares delicados, não precisa de aplicar muita força nem intensidade. Esfregue por volta de 30 segundos a 1 minuto para ter uma distribuição completa do produto pelo seu rosto.
  7. Evite utilizar água quente e depois fria, esse processo de exposição da sua pele facial às temperaturas extremas adversas apenas deixará sua pele mais seca, irritada e até poderá romper alguns pequenos vasos sanguíneos. Sempre que for enxaguar o seu rosto, dê preferência à uma água morna.
  8. Por fim, quando chegar a hora de secar o seu rosto, não esfregue a tolha. Dê pequenas batidinhas de forma que a toalha encoste delicadamente no seu rosto. Isso preservará a elasticidade da sua pele facial, diminuindo as chances de você ter uma pele cada vez mais flácida.

Vou enfatizar que isso tudo é válido para cuidados básicos com a pele. Se quiserem dar um passo adiante, aí a história é outra e cada vez mais divertida. Quem sabe mais pra frente não falo disso aqui, combinado?

Processing...

adicionado com sucesso.

adicionado com sucesso.